⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

No Japão, mais de um terço dos adultos solteiros entre os 20 aos 40 anos nunca estiveram em um relacionamento 13

No Japão, mais de um terço dos adultos solteiros entre os 20 aos 40 anos nunca estiveram em um relacionamento

Uma pesquisa recente conduzida pela Recruit Holdings Co., uma empresa japonesa de recursos humanos, revelou que mais de um terço dos adultos solteiros na faixa dos 20 aos 40 anos nunca tiveram um relacionamento romântico. Além disso, um quarto desses solteiros não tem intenção de se casar, marcando um aumento notável em comparação com pesquisas anteriores.

Os dados coletados em setembro de 2023, divulgados neste mês de janeiro de 2024, mostram uma mudança significativa nas atitudes em relação ao amor e ao casamento no Japão. A pesquisa, que abrangeu 1.200 adultos solteiros que nunca foram casados, destaca preocupações e perspectivas variadas sobre relacionamentos e compromissos.

A pesquisa revelou que 34,1% dos entrevistados nunca tiveram um relacionamento romântico, um número recorde. Além disso, 25,6% afirmaram não ter intenção de se casar, um aumento notável em relação ao ano anterior, quando era de 21,1%. Essa tendência de afastamento do casamento é uma preocupação, especialmente considerando os esforços do governo japonês para lidar com a baixa taxa de natalidade e a escassez de mão-de-obra no país.

Entre os entrevistados na faixa dos 20 anos, surpreendentes 19,4% das mulheres e 23,7% dos homens consideram um relacionamento romântico uma perda de tempo e dinheiro. Esta perspectiva pessimista sobre o amor é um fenômeno que merece uma análise mais aprofundada.

A pesquisa também destacou a influência das finanças na decisão de não se casar, sendo a principal razão apresentada por 42,5% dos homens. Por outro lado, 40,5% das mulheres afirmaram que desejam preservar sua liberdade e independência. Esses números refletem a complexidade das razões subjacentes à decisão de evitar o casamento, destacando desafios econômicos e preocupações pessoais.

Embora 46,1% dos entrevistados expressem o desejo de se casar eventualmente, esse número vem diminuindo gradualmente nos últimos anos, de 55,4% em 2017 para 52,6% em 2021. Isso levanta questões sobre o futuro das relações e da família no Japão, especialmente à luz das tentativas governamentais de incentivar o casamento e aumentar a taxa de natalidade.

A pesquisa também revelou que, entre os entrevistados na faixa dos 20 anos, 44,3% das mulheres e 34,6% dos homens só namorariam alguém com o objetivo de encontrar um parceiro para casar. Essa abordagem pragmática em relação aos relacionamentos destaca a importância atribuída ao casamento como uma meta final.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar