in

KKKKKK ForçaForça AFFAFF GRRGRR AINAIN

Jair Bolsonaro planeja ser candidato a prefeito em 2024

O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato derrotado por Luís Inácio Lula da Silva (PL) no pleito presidencial de 2022, é o primeiro chefe do executivo federal a não conseguir se reeleger desde que a reeleição foi instituída no Brasil, em 1997. Apesar de deixar a cadeira de presidente em 1º de janeiro de 2023, o político não pretende abandonar a vida política e já mira novos cargos públicos.

A coluna Erlan Bastos EM OFF apurou com exclusividade que Jair Bolsonaro pretende se candidatar ao cargo de prefeito da cidade do Rio de Janeiro nas eleições municipais de 2024. Ele teve uma reunião na manhã desta segunda-feira (31) com dirigentes do PL (Partido Liberal) de Brasília e do Rio de Janeiro por vídeo chamada no Palácio do Planalto.

A informação foi confirmada por uma pessoa que participou da reunião. Além disso, a coluna Erlan Bastos EM OFF apurou que Jair Bolsonaro estava visivelmente abatido durante a reunião, porém bem, dentro do possível. A impressão que ele transmitia é de que havia passado a noite em claro. No encontro com dirigentes do PL, o atual presidente pediu sigilo absoluto a aliados e à assessoria de imprensa sobre seu futuro político.

Desde a noite de ontem, após a divulgação dos números das urnas, a imprensa e os eleitores aguardam uma fala do presidente sobre o resultado eleitoral. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi eleito o novo presidente da República com quase 51% dos votos válidos em todo o Brasil. Ele venceu o atual presidente, Jair Messias Bolsonaro (PL), que pleiteava a reeleição no segundo turno das Eleições Gerais de 2022. Esta é a primeira vez que um ex-presidente volta ao mais alto cargo do Executivo na história do Brasil.

Às 19h56 deste domingo (30), com 98,91% das urnas apuradas, Lula foi considerado eleito após receber 59.563.912 votos (50,83% dos votos válidos), contra 57.675.427 votos (49,17% dos votos válidos) de Bolsonaro. O número de votos válidos, até aquele horário, foi de 117.305.567. Foram registrados 1.751.415 votos brancos (1,43%) e 3.889.466 votos nulos (3,16%). A abstenção chegou a 20,90%.

Essa foi a primeira vez também que um presidente que tentava reeleição não conseguiu um segundo mandato. Desde que a reeleição foi instituída, em 1997, todos os presidentes eleitos tentaram reeleição e conseguiram se reeleger. Foram eles: Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma. O ex-presidente Michel Temer, que assumiu após o impeachment de Dilma, não tentou se reeleger (Colaborou Danilo Reenlsober).