in

IMAGENS FORTES: Lutador ucraniano é sequestrado e morto por grupo neonazista

Maxim Ryndovskiy foi morto por compatriotas adeptos da ideologia neonazista, que o consideravam um traidor

O lutador de MMA da Ucrânia, Maxim Ryndovskiy, foi sequestrado, torturado e morto durante os conflitos no país. Um grupo neonazista ucraninao reivindicou a autoria do crime. Imagens do lutador ferido foram compartilhadas nas redes sociais. As informações são dos portais CNews e Marca.

Nas redes, aparecem fotos e vídeos de um homem, com tatuagens iguais a do lutador, gravemente ferido. Em uma das imagens, ele aparece com uma camiseta amarrada no rosto e é possível ver gotas de sangue.

O motivo da morte do atleta seria o fato dele ter treinado russos e ser amigo de russos moradores da região da Chechênia, que pertence a Rússia.

Maxim tinha 28 anos e era lutador de MMA na categoria peso-médio.