⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

"Maestro": Bradley Cooper e Matt Bomer irão viver um romance gay 13

“Maestro”: Bradley Cooper e Matt Bomer irão viver um romance gay


A Netflix está prestes a lançar “Maestro”, um filme altamente aguardado que mergulha na vida fascinante de Leonard Bernstein, um dos maestros, pianistas e compositores mais renomados do século XX. Com Bradley Cooper na direção, roteiro e produção, o filme promete oferecer uma visão íntima e envolvente da vida do artista multifacetado que deixou uma marca indelével no mundo da música clássica.

Após a revelação das primeiras imagens, a Netflix recentemente lançou o tão esperado trailer de “Maestro”. O filme, estrelando Bradley Cooper no papel principal, ao lado de Carey Mulligan, Matt Bomer, Maya Hawke e outros talentos, está programado para estrear nos cinemas em 7 de dezembro, seguido pelo lançamento na plataforma da Netflix em 20 de dezembro de 2023.

"Maestro": Bradley Cooper e Matt Bomer irão viver um romance gay 15

Leonard Bernstein, que faleceu em 1990 aos 72 anos, foi um pioneiro que conquistou aclamação internacional como o primeiro maestro americano. Com sete Emmy, dois Tony, 16 Grammy e uma série de outros prêmios, Bernstein não apenas deixou sua marca na música clássica, mas também se destacou como ativista, lutando contra a Guerra do Vietnã, defendendo os direitos humanos e arrecadando fundos para combater a epidemia do HIV.

O filme biográfico, no entanto, se concentra não apenas nas realizações profissionais de Bernstein, mas também em sua vida pessoal, com destaque para seu casamento com Felicia Montealegre. Uma relação complexa e multifacetada, o filme explora as reviravoltas emocionais vividas por Bernstein, inclusive sua decisão de trocar Felicia por um gerente de rádio em 1976, apenas para reconciliar-se no ano seguinte, assumindo a responsabilidade de cuidar dela após ser diagnosticada com câncer de pulmão.

Após a morte de Bernstein, sua esposa revelou publicamente que o maestro era gay, acrescentando uma camada adicional de complexidade à narrativa.

Em uma entrevista à Variety, Bradley Cooper compartilhou sua profunda conexão com a história de Bernstein. “Tudo o que eu queria era ser maestro desde criança. Eu estava obcecado com isso, pedi uma batuta ao Papai Noel quando eu tinha oito anos”, revelou o diretor e ator principal. Ele expressou sua paixão pela música e o desafio de interpretar um personagem tão complexo.

“Ouvir música, me apaixonar por ela e poder realmente conhecer cada momento de uma peça… Eu poderia fazer isso como se eu soubesse tudo sobre isso sem realmente ser capaz de falar a língua, obviamente”, acrescentou Cooper.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar