⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Jovem que reagiu a assalto reconheceu criminoso em UPA enquanto era atendido 19

Jovem que reagiu a assalto reconheceu criminoso em UPA enquanto era atendido

Preparem-se para uma história de tirar o fôlego!

O jovem e talentoso artista plástico, Johny Monteiro, de apenas 26 anos, viveu momentos de tensão na última terça-feira (11) em frente à sua residência no Residencial Parque dos Servidores, em Ribeirão Preto (SP).

Mas o que torna essa história ainda mais surpreendente é o desenrolar dos eventos que levaram a um reconhecimento inusitado do suspeito envolvido no assalto.

Johny Monteiro estava no carro com sua namorada quando foram abordados por dois homens determinados a cometer um assalto.

Johny Monteiro reconheceu suspeito que o assaltou em UPA em Ribeirão Preto, SP — Foto: Valdinei Malaguti/EPTV

No entanto, mostrando coragem e determinação, o artista não se deixou abater e reagiu à investida criminosa. Em um ato de bravura, ele desferiu um soco no rosto de um dos assaltantes, que prontamente fugiu do local.

Determinado a fazer justiça, Monteiro não hesitou em perseguir o assaltante, mas o comparsa do criminoso tinha outros planos.

Enquanto a vítima corria em busca de segurança, o parceiro do ladrão disparou um tiro, atingindo o artista nas costas. Porém, por um verdadeiro milagre, a bala atravessou seu corpo sem atingir nenhum órgão vital, deixando-o vivo para contar a história.

O artista plástico Johny Monteiro, de 26 anos, foi atingido por um tiro nas costas em Ribeirão Preto, SP — Foto: Valdinei Malaguti/EPTV

“É realmente um milagre, e sou grato a Deus por continuar vivo, sem nenhum órgão afetado”, afirmou Monteiro, emocionado.

O inusitado reconhecimento do suspeito aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde tanto vítima quanto assaltante buscaram socorro após o tiroteio.

Johny, ainda abalado e se recuperando do incidente, teve a certeza absoluta de que o indivíduo sem camisa que adentrava a UPA era um dos responsáveis pelo assalto.

“Ao vê-lo, tive uma certeza absoluta de que era ele. Ele estava sem a blusa de frio que havia usado durante o crime, mas quando o confrontei sobre isso, a equipe do SAMU trouxe a blusa de frio dele, confirmando minhas suspeitas”, relatou o artista.

Criminosos comemoram roubos em Ribeirão Preto, SP, e zombam da polícia em vídeos postados nas redes sociais — Foto: Reprodução/Redes sociais

Diferentemente dos procedimentos convencionais, o reconhecimento ocorreu em um ambiente inesperado, proporcionando um desfecho intrigante para esse caso. Normalmente, esse tipo de identificação é realizado na delegacia, mas, como dizem, a vida adora pregar peças surpreendentes!

Apesar da coragem demonstrada por Johny Monteiro, a Polícia Militar recomenda que as vítimas não reajam a abordagens criminosas. Nesse sentido, o artista reconhece sua sorte por ter sobrevivido a essa experiência angustiante.

Enquanto a polícia mantém o suspeito sob escolta para garantir sua captura, ele se recupera dos ferimentos causados por seu próprio parceiro de crime, que, ironicamente, estava tentando acertar Monteiro.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar