in

Colégio da PM de Goiás obriga meninas a usarem saia e proíbe calça

O Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás anunciou que a partir de 2023 alunas só poderão frequentar a escola de saia, e que o uso de calça por meninas será abolido, bem como cabelos coloridos. A informação foi divulgada na página do Instagram do colégio da PM no último sábado (8/1).

Na publicação, a corporação informou que em 2022 o uso de calça por meninas será tolerado apenas devido à pandemia, sem explicar a relação entre uma coisa e outra. Para o ano que vem, os pais deverão, segundo o informe, comprar saias.

Em resposta a um comentário que questionava a decisão do colégio, a corporação respondeu que a medida era promoção de “ordem” e “civismo”.

“O colégio é da Polícia Militar! Nossas regras e padrões são claros. O projeto começou assim e foi se desviando ao longo dos anos. Vamos promover sim o civismo, a cidadania e a ordem”, escreveu o Comando de Ensino da PM de Goiás em resposta a uma seguidora que disse que a medida era “machista”.

 

Diante de uma série de comentários que questionavam a proibição, o perfil do colégio da PM proibiu a publicação de comentários na postagem. A coluna procurou a Polícia Militar do estado, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

A Secretaria de Educação do estado, que também é responsável pelo Comando de Ensino da Polícia Militar, não quis se posicionar sobre a conduta do colégio.