⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Bactéria resistente mata jovem de 18 anos em SC; infecção aconteceu via acne, diz mãe 13

Bactéria resistente mata jovem de 18 anos em SC; infecção aconteceu via acne, diz mãe

Blumenau, Santa Catarina – Uma tragédia ocorreu recentemente quando Dâmilly Beatriz da Graça, uma jovem de 18 anos, faleceu devido a complicações causadas por uma infecção causada pela bactéria Staphylococcus aureus resistente. O caso foi divulgado pela mãe da jovem, Daniela Veiga, em uma publicação nas redes sociais, onde ela descreveu a agressividade do microrganismo e as dificuldades enfrentadas pela filha.

O Staphylococcus aureus é considerado um dos agentes causadores de doenças mais importantes no contexto da pediatria, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Essa bactéria pode ser encontrada na pele e em outras partes do corpo humano. Em 2019, o neto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva também faleceu devido a uma infecção generalizada causada pela mesma bactéria.

Segundo relato de Daniela Veiga, a infecção teve início em uma acne que Dâmilly tinha no rosto. Essa bactéria agressiva resultou em uma infecção generalizada e falência múltipla de órgãos, sendo extremamente difícil de reverter. Daniela agradeceu à equipe do hospital pelo empenho em tentar reverter o quadro de saúde da filha.

A Staphylococcus aureus pode afetar indivíduos de todas as faixas etárias, com maior incidência em crianças com menos de cinco anos e em pessoas com condições específicas, como diabetes, insuficiência renal, insuficiência hepática, desnutrição grave, fibrose cística, usuários de drogas e pessoas com AIDS.

De acordo com a SBP, a bactéria faz parte da flora humana normal e pode ser encontrada na pele, nasofaringe, cólon e vagina. Os recém-nascidos podem entrar em contato com a bactéria durante o parto. Estima-se que entre 20% e 40% dos adultos sejam portadores da bactéria, sendo o nariz a área mais frequentemente colonizada.

A partir dessa colonização, a bactéria pode entrar na corrente sanguínea, causando bacteremia. A Staphylococcus aureus pode desencadear infecções esporádicas ou epidêmicas, tanto na comunidade quanto em ambiente hospitalar. A transmissão ocorre por meio do contato direto entre pessoas, objetos contaminados ou pelo ar. Além de infecções de pele e tecidos, ela pode causar sinusite, pneumonia, meningite e sepse, que é a infecção generalizada.

A resistência bacteriana é um problema preocupante. Ela ocorre quando as bactérias deixam de responder aos medicamentos disponíveis. Isso resulta na ineficácia dos antibióticos e outros agentes antimicrobianos, tornando infecções comuns difíceis ou impossíveis de tratar, aumentando o risco de disseminação de doenças, casos graves e mortes.

A resistência bacteriana está diretamente relacionada ao uso excessivo e incorreto de antibióticos. O aumento de bactérias resistentes, conhecidas popularmente como superbactérias, representa um risco para a saúde humana e animal em todo o mundo.

A morte trágica de Dâmilly Beatriz da Graça serve como um lembrete da importância da conscientização sobre o uso adequado de antibióticos e das medidas de prevenção de infecções. É essencial que profissionais de saúde, autoridades e a sociedade em geral trabalhem juntos para combater a resistência bacteriana e proteger a saúde pública.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar