in

AmeiAmei KKKKKK AFFAFF ForçaForça AINAIN GRRGRR

Alienígenas nunca nos visitaram porque não temos nada a oferecer, sugere estudo

De acordo com um artigo aceito para publicação na revista científica Astrophysical Journal, cientistas podem ter encontrado o motivo de civilizações alienígenas provavelmente nunca terem chegado ao nosso sistema solar. O estudo foi realizado com base no Paradoxo de Fermi, sugerindo que se existissem civilizações inteligentes na Via Láctea, alguma já teria se aproximado de nós.

Mas por que elas ainda não se aproximaram da humanidade?

O estudo, nomeado de “Galactic settlement of low-mass stars as a resolution to the Fermi paradox”, tenta responder essa difícil questão e, segundo os pesquisadores, é possível que o nosso Sistema Solar não ofereça o que as civilizações em rápida expansão necessitam — eles afirmam que nem todos os tipos de estrelas são desejáveis para uma civilização tecnológica.

As estrelas de baixa massa, como estrelas anãs das classes K e M, são os melhores locais do universo para migração dessas civilizações extraterrestres. As anãs vermelhas também têm vida longa e, por isso, os cientistas sugerem que uma civilização tecnologicamente avançada deve preferir colonizá-las. Além disso, colonizar outro sistema solar deve exigir muitos recursos e causar muitos problemas, até mesmo para alienígenas.

Aliens em estrelas anãs

Em um cálculo realizado pelos cientistas, eles estimam que extraterrestres altamente tecnológicos demorariam dois bilhões de anos para colonizar todas as estrelas anãs das classes K e M em nossa galáxia.

“Sugerimos, seguindo a hipótese de Hansen & Zuckerman (2021), que uma civilização em expansão se estabelecerá preferencialmente em sistemas de anãs K ou M de baixa massa, evitando estrelas de massa mais alta, a fim de maximizar sua longevidade na galáxia”, os pesquisadores explicam no estudo.

Aqueles que desejam entender melhor o Paradoxo de Fermi, também devem estudar a Equação de Drake, um tipo de estimativa probabilística usada para estimar a quantidade de civilizações extraterrestres em nossa Via Láctea.