⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

VÍDEOS: Tubarão que comeu homem no Egito é capturado e morto por população 13

VÍDEOS: Tubarão que comeu homem no Egito é capturado e morto por população

Uma tragédia chocante abalou uma praia turística no Mar Vermelho, no Egito, quando um jovem de 23 anos, identificado como Vladmir Popov, foi vítima de um terrível ataque de tubarão. RELEMBRE O MOMENTO CLICANDO AQUI.

O incidente ocorreu enquanto Popov nadava nas águas tranquilas do resort em que estava hospedado, na cidade de Hurghada.

O ataque repentino e brutal durou apenas segundos, deixando a todos ao redor em estado de choque.

Vídeos angustiantes que circulam nas redes sociais mostram o desespero da vítima enquanto ela pede ajuda e grita por seu pai.

As imagens são fortes e servem como um lembrete alarmante da vulnerabilidade dos seres humanos em meio à imprevisibilidade da natureza.

ASSISTA:

Horas após o ataque, a população local reagiu de forma violenta e vingativa. Um tubarão-tigre foi capturado e amarrado, sendo posteriormente morto a pauladas na praia.

As cenas perturbadoras mostram dezenas de pessoas participando desse ato de brutalidade, golpeando o animal indefeso com objetos de metal enquanto a multidão gritava.

A reação da população local ganhou destaque em jornais internacionais, como o “New York Post”, “Marca” e “Daily Mail”, além de ter sido amplamente difundida em sites de notícias, como o “TMZ”.

A crueldade contra o tubarão gerou críticas de defensores dos animais nas redes sociais, enquanto outros internautas manifestaram solidariedade à família enlutada.

CONFIRA A FOTO DO CADÁVER CLICANDO AQUI!

O Ministério do Meio Ambiente do Egito confirmou que o tubarão responsável pelo ataque foi capturado e levado para exames em um laboratório, buscando entender as razões por trás de seu comportamento anormal que resultou na ação violenta.

Como consequência do incidente, as autoridades egípcias decidiram fechar um trecho de 74 km da costa, que permanecerá fora dos limites até o próximo domingo. Essa medida visa garantir a segurança dos banhistas e evitar possíveis novos ataques.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar