in

ForçaForça AFFAFF KKKKKK AINAIN GRRGRR AmeiAmei

VÍDEOS: Telão despenca durante show e “esmaga” integrante de boyband

Um telão gigante se desprendeu do teto de um estádio e atingiu dois integrantes da boy band chinesa Mirror, na noite desta quinta-feira (28/7) — horário da China — em Hong Kong. As imagens do acidente, ocorrido durante um show da banda no Hong Kong Coliseum, viralizaram nas redes sociais e chocaram pela intensidade do choque entre o objeto e os artistas. Veja abaixo (cenas fortes):

https://twitter.com/CristanSiu/status/1552720399775182848

Os cantores não foram identificados, mas uma fonte ouvida pelo jornal local South China Morning Post afirmou que um deles sofreu ferimentos no pescoço e está em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O outro integrante sofreu ferimentos na cabeça e está estável.

Além dos dois, a polícia informou que três fãs foram atingidas por destroços que se espalharam com a queda do telão. Elas foram atendidas no local e uma delas foi encaminhada ao hospital. O show foi interrompido pelo empresário da banda, Ahfa Wong, que pediu para o público se retirar de maneira ordenada enquanto os feridos eram atendidos. Ele prometeu devolver o valor dos ingressos.

Momento em que os feridos são atendidos no palco:

Mirror é a mais recente febre da população chinesa. Formada por 12 cantores que venceram o programa de talentos chinês Good Night ShowKing Maker, em 2018, a boy band estourou em 2021 após o primeiro álbum completo da banda ser lançado.

No mesmo ano, o jornal The New York Times analisou a relevância do grupo e o classificou como “a alegria que Hong Kong precisa agora”, ao citar a pandemia da covid-19 e o decreto de segurança nacional que limitou o ir e vir dos cidadãos chineses.

Ocorrido há menos de 7 horas, os vídeos do acidente tomaram as redes sociais após ser replicado com mensagens de angústia de fãs de todo o mundo. A banda fazia o quarto de 12 shows previstos a serem feitos em sequência no mesmo local. Após o ocorrido, o governo ordenou que as apresentações sejam suspensas até que uma vistoria seja feita na estrutura do local.

De acordo com o South China Morning Post, o líder de Hong Kong, John Lee Ka-chiu, lamentou o acidente e disse “estar chocado”. O gestor também ordenou que uma investigação “minuciosa” seja feita sobre o ocorrido e que aumentasse a fiscalização para averiguar estruturas de eventos do tipo, para “garantir a proteção de artistas, trabalhadores e o público”.

“Expresso simpatia por aqueles que foram feridos e espero que eles se recuperem em breve”, concluiu o governador. A empresa organizadora do evento, Music Nation, pediu desculpas pelo acidente e prometeu fazer o necessário para dar suporte aos integrantes feridos.