⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

VÍDEO: Homem tem braço deslocado após "surra de bunda" em show do Pará 15

VÍDEO: Homem tem braço deslocado após “surra de bunda” em show do Pará

No último sábado (10), um incidente inusitado ocorreu durante uma apresentação da dançarina Camila Silva, conhecida por sua performance da famosa “surra de bunda”, em um show da renomada DJ Méury, na cidade de Monte Alegre, no Pará.

Um homem voluntariou-se para participar do momento da performance e acabou tendo seu braço esquerdo deslocado.

Durante a apresentação, Camila Silva posicionou-se com as pernas nos ombros do homem e puxou-o pelo pescoço utilizando os pés.

No entanto, ele não suportou a pressão e caiu no chão, resultando em um deslocamento do braço esquerdo. Assista:

Nas redes sociais, a dançarina gerou polêmica ao debochar do incidente, ao invés de relatar se o homem havia recebido atendimento adequado por parte da equipe da DJ Méury.

Em sua defesa, ela alegou que as pessoas sobem ao palco por livre e espontânea vontade, sem qualquer obrigação.

Diante da repercussão negativa, Camila Silva se manifestou afirmando ter 10 anos de experiência profissional e que nunca havia ocorrido um incidente semelhante em sua carreira.

Homem tem braço deslocado após dança chamada "surra de bunda" - Divulgação - Divulgação

Para encerrar a polêmica, a DJ Méury divulgou uma nota de esclarecimento na noite desta segunda-feira (12), informando que prestou assistência médica ao homem. Segundo a nota, a equipe da DJ Méury cuidou do deslocamento do homem da casa de shows até o hospital, e felizmente, ele está bem.

A DJ também compartilhou um vídeo do homem, no qual ele relata estar se recuperando e isenta tanto a DJ Méury quanto a dançarina de qualquer culpa pelo incidente. Ele mencionou que já estava com o braço debilitado devido a um incidente anterior e expressou sua gratidão por não ter sofrido uma fratura.

Apesar da controvérsia inicial, o caso foi resolvido de forma satisfatória, com a vítima reconhecendo que sua participação no palco foi uma escolha pessoal e que os responsáveis pelo show agiram de maneira adequada ao prestar a assistência necessária.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar