in

Glória Maria quer viajar para Marte em sua reportagem de despedida

A jornalista de 72 anos participou do Roda Viva, na TV Cultura, que foi ao ar nessa segunda-feira (14/3)

A jornalista Glória Maria, de 72 anos, deu sua primeira entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, e revelou o tipo de matéria especial que está pensando em fazer antes de encerrar sua carreira.

“Tô querendo ir para Marte numa dessas maquinas aí. Seria um grande presente da Globo, tomara que tenha algum poderoso ouvindo a gente”, brincou a jornalista no programa, que foi ao ar nessa segunda-feira (14/3).

“Se tiver alguém ouvindo, deixa eu ir, seria minha grande matéria final. Seria um grande presente da Globo depois desses anos todos”, completou.

Ela também comentou sobre racismo durante o programa. “Nada blinda preto de racismo, ainda mais a mulher preta. Nós somos mais abandonadas, discriminadas. O homem preto não quer a mulher preta. Você tem que aprender a se blindar da dor. Se você for esperar o blindamento universal, você está perdida”, disse ela, ao ser questionada se a fama a blindou do preconceito.

Cobertura de guerra

Glória ainda comentou sobre ter participado de uma cobertura de guerra, mas afirmou que não faria isso novamente. Primeira jornalista brasileira a cobrir uma guerra, a jornalista participou da cobertura da Guerra das Malvinas, em 1982, após insistir para ir ao ver apenas homens escalados.

“Foi um desafio pra mim. Só iam homens o tempo inteiro. Eu queria ir mas estava com medo. A guerra é uma coisa que me deu muito medo, mas não deixei que ela me paralisasse. Se eu tiver que ir hoje para uma guerra, só não vou depois dessa minha experiência de saúde. Se eu não tivesse passado por isso, eu iria”, comentou.