Funcionária é estuprada em delegacia e agressor acaba preso no litoral de SP 9

Funcionária é estuprada em delegacia e agressor acaba preso no litoral de SP

Guarujá, SP – Uma funcionária terceirizada, de 40 anos, foi vítima de estupro dentro da Delegacia Sede de Guarujá, localizada no litoral de São Paulo, durante o horário de trabalho. O terrível incidente ocorreu na última quarta-feira, 20, na Avenida Puglisi, no Centro da cidade. A identidade da vítima está sendo preservada.

O agressor, um homem de 52 anos, invadiu a sala da mulher e a atacou violentamente. Segundo informações da polícia, este foi o terceiro encontro dele com a vítima, sendo que na primeira visita, na sexta-feira, 16, ele procurava especificamente pela mulher.

Na fatídica quarta-feira, o agressor retornou à delegacia, onde trancou a funcionária em sua sala e cometeu o crime de estupro. Durante o ataque, houve uma luta corporal entre os dois, e os gritos desesperados da mulher foram ouvidos por policiais que estavam na unidade.

Os agentes de segurança agiram rapidamente, conseguindo prender o agressor em flagrante. O caso foi imediatamente registrado como estupro na Delegacia do Guarujá, conforme informado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Ainda abalada, a vítima recebeu atendimento médico e psicológico, visando seu apoio e recuperação após o traumático episódio. As autoridades estão conduzindo as investigações para esclarecer os detalhes do crime e garantir a justiça para a vítima.

O ocorrido ressalta a necessidade de reforço nas medidas de segurança em ambientes públicos, mesmo dentro de instituições dedicadas à aplicação da lei. A sociedade clama por ações efetivas que garantam a integridade e a segurança de todos os cidadãos, repudiando veementemente atos de violência como este.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar