in

Caso Richthofen: Onde fica e o que aconteceu com a mansão onde o crime ocorreu? Veja fotos do imóvel

Após o assassinato do engenheiro Manfred Albert Freiherr von Richthofen e sua esposa, a psiquiatra Marísia von Richthofen, em outubro de 2002, a mando da filha Suzane von Richthofen, à época com 18 anos, a mansão onde o crime que chocou a opinião pública ficou fechada e a fachada foi pichada com frases contra a jovem. 

O endereço onde os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos mataram de forma brutal o casal, com a ajuda de Suzane, há alguns anos passou por uma reforma e sua fachada ficou completamente diferente de como era na época do assassinato. 

A mansão da família Richthofen está localizada na Rua Zacarias de Góes, número 232, no bairro do Brooklin, área nobre da Zona Sul de São Paulo. O imóvel foi adquirido por Manfred em 1998 por R$ 330 mil. 

Em 2016, após uma longa disputa na justiça com o irmão Andreas Albert, Suzane von Rchthofen abriu mão da herança de seus pais.

Como está o imóvel atualmente?

Mansão da família Richthofen passou por reforma anos após o crimeReprodução/ Site São Paulo Antiga

Segundo a revista Veja São Paulo, o imóvel tem dois pavimentos, piscina, escritório e biblioteca. A mansão passou por uma reforma completa, acabando com a aparência de abandono que ficou após o crime. 

Antes, o imóvel tinha uma parede de tijolos aparentes e trepadeiras pelo muro. No entanto, tanto o mundo quanto os portões foram pintados de branco. 

A casa foi vendida a um novo proprietário, mas não há informações sobre o valor da venda. No entanto, de acordo com corretores de imóveis da região, uma casa do padrão da mansão dos Richthofen naquela região fica em média entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões.

Uma curiosidade: quem tenta procurar o endereço no Google Street View se depara com a imagem do imóvel embaçada. Certamente os novos proprietários solicitaram à plataforma que escondessem o imóvel que é alvo de curiosidade e especulação. 

Deixe um comentário