⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

VÍDEOS: Influencer gera revolta ao fingir a própria morte e aparecer em funeral para 'ensinar lição' à família 13

VÍDEOS: Influencer gera revolta ao fingir a própria morte e aparecer em funeral para ‘ensinar lição’ à família

No mundo da internet, onde tudo é possível, um influenciador digital belga chamado David Baerten, de 45 anos, gerou polêmica ao planejar e executar uma pegadinha inusitada envolvendo sua própria morte. O caso repercutiu amplamente nas redes sociais e dividiu opiniões, despertando emoções variadas entre amigos, familiares e seguidores.

Baerten decidiu explorar o tema da morte, algo que sempre desperta curiosidade e incertezas, buscando descobrir quem verdadeiramente se importava com ele. Para isso, ele concebeu o que chamou de “pseudocídio”, um evento onde fingiria sua própria morte para dar uma lição em seus entes queridos.

A pegadinha foi meticulosamente planejada em conjunto com sua esposa e filhos. Um dos filhos do TikToker anunciou a morte nas redes sociais e publicou uma emocionante homenagem ao pai, que, até então, era considerado falecido. Nas palavras da filha, publicadas no Times UK, era possível sentir o amor e a tristeza:

“Descanse em paz papai. Nunca vou parar de pensar em você. Por que a vida é tão injusta? Por que você? Você ia ser avô e ainda tinha uma vida inteira pela frente. Eu te amo! Nós te amamos! Jamais iremos te esquecer”.

@el.tiktokeur2

Tu nous as eu on t aime mon ami on est content que tu es parmis nous ❤️❤️#pourtoii #fyp #fypシ @Ragnar_le_fou

♬ son original – Thomas faut

O falso funeral foi organizado perto da cidade de Liège, na Bélgica, e contou com a presença de dezenas de amigos e familiares vestidos de preto, aguardando o início da cerimônia em profundo pesar. No entanto, o evento tomou um rumo completamente inesperado quando um helicóptero pousou no local e o próprio “falecido” surgiu, acompanhado por uma equipe de filmagem. Baerten pulou do helicóptero e cumprimentou os presentes, gritando em alto e bom som: “Saúde a todos, bem-vindos ao meu funeral”.

A reação dos presentes variou entre alívio emocionado por saber que o influenciador ainda estava vivo, confusão diante de uma ressurreição improvável e revolta diante do ocorrido, exigindo explicações para tal pegadinha de mau gosto.

@el.tiktokeur2

Tu nous a eu je te le jure j etais en pleure moi et apres j ai eu le choc poto on t aime beaucoup ❤️@Ragnar_le_fou @Leclercq Philippe #fyp #pourtoii #fypシ

♬ son original – Thomas faut

Baerten se defendeu alegando que decidiu realizar a pegadinha devido ao tratamento que sua família e amigos lhe dispensavam. Sentindo-se negligenciado e não valorizado, ele afirmou que a intenção era dar a todos uma lição de vida, mostrando que não se deve esperar até que alguém morra para demonstrar afeto e preocupação. Segundo ele, alguns entes queridos o procuraram desde o incidente, o que, de certa forma, provou quem realmente se importava com ele.

Embora o conteúdo oficial da pegadinha ainda não tenha sido publicado por Baerten, vídeos e relatos compartilhados nas redes sociais mostram as reações chocadas e perplexas dos presentes ao “cancelamento” do funeral.

Essa inusitada história serve como um lembrete sobre a importância das relações familiares e da comunicação afetuosa. Ela também levanta questionamentos éticos sobre até que ponto uma pegadinha pode ir e os impactos que pode ter na vida das pessoas envolvidas. A repercussão do caso mostra a influência das redes sociais na disseminação de informações e reações emocionais, tornando-o um exemplo emblemático dos desafios que enfrentamos em uma era digital cada vez mais complexa.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar