⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Professora admite ter beijado aluno em mensagem, é exposta e demitida de escola 13

Professora admite ter beijado aluno em mensagem, é exposta e demitida de escola

Uma professora de artes da escola municipal Vereador Felipe Avelino Moraes, em Praia Grande, litoral de São Paulo, foi demitida após admitir ter beijado um estudante de 14 anos do 9º ano do ensino fundamental.

O caso veio à tona quando a docente compartilhou detalhes do ocorrido por mensagem de texto com uma aluna, afirmando explicitamente seu desejo de “transar com ele”.

Professora admite ter beijado aluno em mensagem, é exposta e demitida de escola 15

A mãe da aluna, ao receber a denúncia, reportou o caso à diretoria da escola, resultando na demissão da professora por má conduta. No entanto, o desfecho desencadeou uma série de eventos perturbadores, culminando em agressões contra o adolescente beijado e sua amiga.

A situação se agravou quando a diretora da escola permitiu que a professora tivesse acesso à identidade da denunciante. Isso levou a ameaças direcionadas à estudante e seu amigo, culminando em uma agressão física. Três alunos, incluindo o jovem que alegadamente foi beijado pela professora, atacaram o adolescente, resultando em sua hospitalização devido aos ferimentos.

professora beija aluno

O que diz a mãe da vitima sobre a professora

A mãe da vítima relatou que, após a denúncia, seu filho e a amiga foram cercados por um grupo de sete alunos. As ameaças foram seguidas por uma agressão premeditada, onde o adolescente foi brutalmente agredido com chutes e socos. A situação evoluiu para um quadro de saúde grave, com a vítima internada devido a um hematoma interno causado pelas agressões.

A Prefeitura de Praia Grande, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), condenou as agressões e afirmou que a demissão da professora foi seguida da comunicação do caso ao conselho tutelar. No entanto, a diretoria da escola enfrenta críticas por permitir o acesso da professora à identidade da denunciante, desencadeando a onda de violência.

professora beija aluno

Diante dos eventos, a mãe do adolescente agredido anunciou que pretende apresentar uma denúncia no Ministério Público (MP) para investigar a conduta da professora e da diretoria da escola. Um inquérito policial também será instaurado para apurar as circunstâncias das agressões.

A Prefeitura de Praia Grande afirmou que tomará medidas de conscientização para os estudantes, visando evitar futuros incidentes. Enquanto isso, a comunidade escolar enfrenta o desafio de lidar com as repercussões de um incidente que expôs fragilidades na gestão da situação por parte da escola, levantando questões sobre a segurança e o bem-estar dos alunos. O G1 tentou contato com a professora acusada, mas sem sucesso, e aguarda mais informações sobre as investigações por parte da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP).

Fonte

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar