⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr 31

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr

Um caso perturbador de exploração sexual envolvendo um cachorro veio à tona no Distrito Federal, onde o dono do animal é acusado de oferecê-lo para atos sexuais com homens.

Tutor de yorkshire é indiciado por maus-tratos e animal é encaminhado a ONG - (crédito: PCDF/Divulgação)

Através de mensagens, o tutor do cão comentava e propunha experiências sexuais com seu pet a indivíduos com interesses pervertidos. Após negociações realizadas em uma plataforma de relacionamento, os encontros aconteciam e o cachorro era manipulado para participar dessas práticas.

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr 34

Investigação e operação Dogsafe:

Após uma denúncia no início de 2023, a equipe da 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul) iniciou uma minuciosa investigação para apurar o caso e resgatar o animal dessa rotina de exploração sexual.

A operação foi denominada Dogsafe, com o objetivo de proteger e garantir a segurança do cachorro envolvido.

Apreensão do celular e descoberta das mensagens:

O celular do tutor do pet foi apreendido e, durante a análise das mensagens, descobriu-se que ele compartilhava detalhes das experiências sexuais com o cão com outros homens. Prometia momentos de penetração e chegava a exibir vídeos desses atos criminosos. A Polícia Civil teve acesso a um vídeo que comprova a prática ilegal.

Envio de vídeos para estimular possíveis parceiros:

O dono do cachorro chegou a enviar um dos vídeos como forma de estimular um possível parceiro a aceitar o convite. Em suas mensagens, ele mencionava a existência de um vídeo em que ele mesmo estava envolvido em atos sexuais com o cão. O interlocutor, então, sugeriu continuar a conversa pelo WhatsApp, visando marcar um possível encontro.

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr 36

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr 38

PRINTS: Dono de yorkshire é indiciado após oferecer o cachorro para fazer sexo com pessoas no Grindr 40

Resgate do animal e condução aos cuidados de defensores dos direitos animais:

Após diligências e investigações, os policiais conseguiram um mandado de busca e apreensão para resgatar o cachorro. O objetivo era garantir a integridade física e o bem-estar do animal. Ele foi conduzido aos cuidados de defensores dos direitos animais, onde receberá a assistência necessária.

Crimes de maus-tratos e falta de uma tipificação específica:

O tutor do cão não está preso no momento, mas caso seja indiciado, denunciado e condenado pelos crimes de maus-tratos, abuso ou crueldade contra animais, poderá enfrentar pena de 2 a 5 anos de reclusão, além de pagar multa. É importante ressaltar que, embora a prática seja conhecida como zoofilia, não há uma tipificação específica para esse caso, sendo o autor responsabilizado pelos crimes de maus-tratos.

Denúncias e combate aos crimes contra animais:

Denúncias sobre maus-tratos, zoofilia ou outros crimes contra animais podem ser feitas à Polícia Civil do Distrito Federal pelo telefone 197, incluindo o uso do aplicativo WhatsApp (55 61 98626-1197). A população é encorajada a denunciar esses crimes e contribuir para a proteção

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar