⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Pedrinho Matador, o maior serial killer do Brasil, é assassinado em São Paulo 9

Pedrinho Matador, o maior serial killer do Brasil, é assassinado em São Paulo

https://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2023/03/05/homem-conhecido-como-pedrinho-matador-e-assassinado-na-grande-sp-diz-pm.ghtml

O assassino em série conhecido como Pedrinho Matador foi assassinado na manhã deste domingo (5), em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. A informação foi confirmada pela Polícia Militar e pela Polícia Civil.

Pedro Rodrigues Filho, de 68 anos, já havia sido condenado por dezenas de assassinatos.

Segundo a polícia, Pedrinho Matador foi encontrado por volta das 10h no bairro Ponte Grande. De acordo com a tia do assassino em sério, ele estava na calçada com uma criança de colo, quando um carro preto passou atirando. A criança não foi atingida.

Em seguida, a PM foi acionada para a ocorrência e souberam que o carro preto tinha sido abandonado. Então, começaram as buscas desse veículo, encontrado posteriormente.

Pedrinho Matador já estava morto quando a polícia chegou ao local. A perícia concluiu os trabalhos e o corpo foi retirado do local. Neste momento, policiais militares estão no local onde o carro utilizado no crime foi abandonado. Ninguém foi preso.

Histórico de crimes

'Pedrinho Matador' foi morto a tiros na manhã deste domingo (5), em Mogi das Cruzes — Foto: Basílio Magno/TV Diário

A primeira vítima de Pedrinho Matador foi o prefeito de Santa Rita do Sapucaí, cidade localizada no Sul de Minas Gerais, após seu pai ser demitido da prefeitura, segundo ele, “sem direito a nada”.

O assassino de sua mulher foi o segundo homicídio praticado por Pedrinho: “Estou fazendo um bem para a sociedade, limpando o mundo de covardes”, disse ele, que é a favor da pena de morte.

Em 1996, em entrevista exclusiva exibida no Fantástico, três anos antes de ser libertado e confessar que iria continuar a matar quando saísse da prisão, Pedrinho disse que matava por prazer e vingança.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar