⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Nos Estados Unidos, mãe usa aplicativo para "espionar" e flagra o filho fazendo sexo com professora 13

Nos Estados Unidos, mãe usa aplicativo para “espionar” e flagra o filho fazendo sexo com professora

Um episódio chocante na Carolina do Norte, Estados Unidos, veio à tona quando uma mãe, preocupada com o comportamento de seu filho adolescente, utilizou um aplicativo de rastreamento para flagrá-lo em uma situação comprometedora com uma professora da South Mecklenburg High School.

A mulher, que optou por não ser identificada, acionou o Life 360, um aplicativo conhecido por sua funcionalidade de monitoramento de localização, após receber alertas de que seu filho havia faltado a um treinamento de rúgbi em 29 de novembro. O aplicativo revelou que o adolescente estava estacionado em um local isolado, aproximadamente 6 km distante da escola, próximo a um parque local em Mecklenburg.

Nos Estados Unidos, mãe usa aplicativo para "espionar" e flagra o filho fazendo sexo com professora 15

Ao chegar ao local indicado pelo aplicativo, a mãe fez uma descoberta perturbadora: seu filho estava em uma relação sexual com Gabriela Cartaya-Neufeld, uma professora de Ciências de 26 anos. Após documentar a cena com fotos do veículo e da placa da professora, a mãe imediatamente acionou as autoridades policiais.

Gabriela foi detida no mesmo local onde estava com o aluno, e as autoridades revelaram que o encontro no carro não foi um incidente isolado. Segundo promotores, a professora e o aluno também mantiveram relações sexuais na casa do adolescente e na residência da educadora.

Nos Estados Unidos, mãe usa aplicativo para "espionar" e flagra o filho fazendo sexo com professora 17

A polícia informou que a mãe já estava ciente de rumores sobre o relacionamento ilícito de seu filho e estava em alerta máximo antes do treinamento perdido, o que a levou a tomar medidas extremas usando o aplicativo de rastreamento.

O episódio levanta questões sobre a privacidade e ética no uso de aplicativos de rastreamento, como o Life 360, que possui cerca de 50 milhões de usuários mensais ativos. Enquanto o aplicativo é projetado para promover a segurança familiar, críticos o rotulam como “opressivo” e questionam suas práticas de coleta de dados.

O caso está sendo investigado pelas autoridades locais, e tanto a escola quanto a comunidade aguardam por respostas diante dessa revelação impactante que expôs um relacionamento proibido dentro do ambiente educacional.

Fonte

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar