⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Jovem grava momento em que tinha sua perna arrancada por tubarão: "Queria me despedir" 9

Jovem grava momento em que tinha sua perna arrancada por tubarão: “Queria me despedir”

No último dia 8 de dezembro, um estudante de biologia italiano, Matteo Mariotti, de apenas 20 anos, vivenciou momentos de terror ao ser atacado por um tubarão na costa de Queensland, na Austrália. O incidente ocorreu durante um mergulho, deixando o jovem gravemente ferido e levando à amputação de uma de suas pernas.

Despedida angustiante em vídeo: “Achei que não sobreviveria”

Acreditando que estava vivendo seus últimos momentos, Matteo teve a coragem de se filmar enquanto sangrava no mar. Em um vídeo tocante compartilhado nas redes sociais, o jovem expressou seus sentimentos angustiantes: “Queria me despedir. Achei que não sobreviveria.” Essas palavras ecoaram a intensidade do momento dramático que ele enfrentou.

Ataque feroz e desconhecido: Tubarão dilacera perna do estudante

Enquanto nadava nas águas australianas, Matteo foi atacado violentamente por um tubarão, cuja espécie ainda é desconhecida. O tubarão dilacerou a perna do jovem, deixando um rastro de sangue na água. O episódio ch

ocorreu em uma praia remota, aumentando ainda mais a complexidade do resgate e o desafio de identificar a espécie marinha envolvida no ataque.

A ação heróica de um amigo: Instrutor arrasta Matteo para a costa

A rápida reação de seu amigo e instrutor, Tommaso Agosti, foi fundamental para a sobrevivência de Matteo. Agosti agiu com destemor ao arrastar o estudante para a costa e tentou acalmá-lo enquanto procurava conter o sangramento. Essa intervenção rápida e corajosa foi crucial para dar a Matteo uma chance de chegar ao hospital e receber atendimento médico adequado.

Cirurgia de emergência e amputação: Um desfecho doloroso

Matteo foi levado às pressas para um hospital na região, onde os médicos tiveram que realizar uma cirurgia de emergência para tentar salvar sua perna gravemente ferida. Infelizmente, apesar de todos os esforços, a equipe médica não conseguiu preservar a perna de Matteo, sendo necessário amputá-la abaixo do joelho.

A angústia pós-ataque: “Queria me despedir”

Horas após o ataque, Matteo compartilhou em suas redes sociais o impactante vídeo que registrou no mar. “Fiz o vídeo alguns momentos depois da última mordida. Queria me despedir, nunca pensei que sobreviveria àquele monstro”, desabafou o jovem. “Perdi muito sangue e minha perna. Não sei se vão cortar tudo ou se ela ficará pela metade, mas isso não importa agora”, acrescentou ele, antes de ser submetido a outra cirurgia.

Solidariedade e apoio da comunidade

O caso de Matteo Mariotti chocou a comunidade local e internacional, levando a uma onda de solidariedade e apoio ao jovem biólogo. Amigos, familiares e desconhecidos expressaram suas mensagens de encorajamento e desejos de recuperação rápida para Matteo.

Este incidente serve como um lembrete da imprevisibilidade do ambiente marinho e da importância da solidariedade em momentos de adversidade. Enquanto Matteo enfrenta um caminho desafiador para a recuperação, sua história também destaca a necessidade contínua de entender e respeitar a vida selvagem, especialmente em regiões propensas a encontros com animais marinhos de grande porte.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar