⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Coreia do Sul quer aumentar semana de trabalho para 69 horas 9

Coreia do Sul quer aumentar semana de trabalho para 69 horas

https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/coreia-do-sul-quer-aumentar-semana-de-trabalho-para-69-horas/

Recentemente, a Coreia do Sul anunciou planos para aumentar a semana de trabalho para 69 horas, o que gerou uma grande controvérsia no país. A medida foi proposta pelo governo sul-coreano como parte de um pacote de reformas trabalhistas destinadas a estimular o crescimento econômico e aumentar a competitividade do país no mercado global.

Atualmente, a semana de trabalho na Coreia do Sul é de 52 horas, mas a nova proposta de lei permitiria que os funcionários trabalhassem até 16 horas extras por semana, elevando a semana de trabalho total para 69 horas. A proposta também inclui a flexibilização das regras de horas extras para permitir que as empresas paguem menos por horas extras adicionais, além de outras mudanças na legislação trabalhista.

A medida foi recebida com críticas por muitos trabalhadores sul-coreanos e grupos sindicais, que argumentam que a extensão da semana de trabalho colocaria em risco a saúde e o bem-estar dos funcionários. Eles apontam para a cultura de trabalho intensa na Coreia do Sul, onde os funcionários muitas vezes trabalham horas extras não remuneradas para mostrar sua dedicação à empresa.

Além disso, há preocupações sobre a falta de equilíbrio entre vida profissional e pessoal, já que muitos sul-coreanos já lutam para equilibrar suas responsabilidades de trabalho e familiares. Alguns observadores também temem que a mudança possa ter um impacto negativo na produtividade, já que trabalhadores cansados e estressados podem não ser tão eficientes quanto aqueles que têm tempo para descansar e se recuperar.

No entanto, os defensores da medida argumentam que a semana de trabalho mais longa é necessária para impulsionar a economia sul-coreana e manter o país competitivo em um mercado global cada vez mais desafiador. Eles apontam para países como os Estados Unidos e Japão, onde as semanas de trabalho são frequentemente mais longas do que na Coreia do Sul.

Ainda assim, muitos sul-coreanos permanecem céticos em relação à proposta e temem que a mudança possa levar a mais exploração dos trabalhadores. Alguns argumentam que o governo deveria se concentrar em encontrar maneiras de melhorar as condições de trabalho existentes e promover a igualdade salarial, em vez de simplesmente permitir que as empresas exijam ainda mais horas dos funcionários.

A questão da semana de trabalho mais longa na Coreia do Sul é uma questão complexa que levanta muitas preocupações e questões importantes. Embora a mudança possa ter benefícios econômicos, é importante que o governo e as empresas também considerem as implicações para a saúde, bem-estar e produtividade dos trabalhadores.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar