in

Virgínia e Rezende fazem acordo na Justiça. Veja quanto ela pagará

Chegou ao fim a briga milionária travada entre o youtuber Pedro Rezende e a influenciadora digital Virgínia Fonseca desde o início do ano. Mas, ao contrário do que se circula na web, os influenciadores entraram em um acordo para pudessem, enfim, seguir com suas vidas sem o elo profissional que os unia.

A batalha judicial foi iniciada no início deste ano e se deu após a influenciadora romper seu contrato com a ADR, empresa de gerenciamento de carreiras do ex namorado, após a separação profissional dos dois. Virgínia, ao mesmo tempo, entrou com um processo trabalhista contra Rezende pedindo a anulação da multa rescisória por ter saído da empresa antes do tempo estipulado, além de solicitar o recebimento de seus direitos trabalhistas, como férias, verbas rescisórias, FGTS e outros.

Os youtubers chegaram a um consenso e, em comum acordo, foi determinado que Virgínia pagasse a Rezende a quantia de R$ 2 milhões e não a de R$ 4 milhões como ele havia pedido anteriormente.

Inicialmente, Virgínia tinha tentado um acordo com a ADR, mas a empresa recusou a oferta e resolveu entrar com esse processo contra ela, exigindo o pagamento da multa pela quebra do contrato no valor integral, sem descontos. O valor integral era R$ 4 milhões.

De acordo com fontes da coluna, o acordo também prevê o silêncio de ambos que não podem falar sobre o assunto publicamente ou divulgar quaisquer informações referentes a decisão judicial.

Procurada, a assessoria da influenciadora não quis comentar o assunto.

Como a coluna divulgou, Virginia iniciou a carreira artística trabalhando na agência de marketing de influência de Rezende, a ADR, mas decidiu seguir um novo rumo profissional.