⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Telegram pode ser bloqueado no Brasil em breve, segundo especialistas 9

Telegram pode ser bloqueado no Brasil em breve, segundo especialistas

https://mundoconectado.com.br/noticias/v/22776/telegram-pode-ser-bloqueado-no-brasil-em-breve-segundo-especialistas

Aparentemente a situação é irreversível para o Telegram, que deve ser bloqueado no Brasil. O mensageiro é alvo de apurações sobre disseminação de fake news, discurso de ódio e desinformação. Mas, sem responder às autoridades brasileiras, o mensageiro agora é foco do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e está na mira de ao menos duas apurações, uma na Polícia Federal e outra no Ministério Público Federal.

De acordo com investigadores na esfera cível e criminal que atuam nas apurações do caso, não existe saída além do bloqueio do Telegram no país. Um dos motivos seria a falta de contato dos responsáveis pelo aplicativo, que impossibilitaria a aplicação de multas e recomendações. O objetivo do bloqueio seria forçar os russos a dialogarem com o governo brasileiro.

É importante ressaltar que em nenhum momento os procuradores pediram acesso a conversas privadas, mas sim entender como funciona as ferramentas de moderação da plataforma.

E não é só no Brasil que o Telegram é alvo de investigação. Na Alemanha, por exemplo, as autoridades passaram a cogitar a suspensão da ferramenta para combater o extremismo após não obter resposta nos contatos feitos com a empresa.

Atualmente a sede do Telegram fica em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A equipe do Telegram teve que deixar a Rússia devido às regulamentações locais de TI e tentou vários locais como sua base, incluindo Berlim, Londres e Singapura.

Combate as fake news

Os órgãos do governo brasileiro como TSE, Polícia Federal e Ministério Público estão em um verdadeiro combate as fake news neste ano de eleições presidenciais. Recentemente, o Twitter anunciou a chegada de uma ferramenta que permitirá aos usuários brasileiros denunciar posts com notícias falsas na plataforma. Isso aconteceu graças a pressão que a rede social enfrentou da comunidade para implementar o serviço.

Além disso, os órgãos entraram em contato com as demais redes sociais e mensageiros, como Facebook, WhatsApp e TikTok para entender os mecanismos que eles estão disponibilizando. Todos eles têm cooperado e respondido os questionamentos, menos o Telegram.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar