⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Suposta criança que nasceu com cauda por conta da vacina do COVID-19 é falsa! 9

Suposta criança que nasceu com cauda por conta da vacina do COVID-19 é falsa!

https://extra.globo.com/fato-ou-fake/e-fake-mensagem-que-relaciona-vacina-contra-covid-19-nascimento-de-crianca-com-cauda-no-ce-rv1-1-25280226.html

Circula em grupos antivacina no Telegram uma mensagem que sugere relação entre a vacina contra a Covid-19 e o nascimento de uma criança com cauda de 12 centímetros e uma bola na ponta no Ceará. É #FAKE.

“Reação da vacina. Mudança de DNA”, diz a mensagem viral.

A mensagem é falsa porque o caso da criança prematura de oito meses com a cauda de 12 centímetros aconteceu em 2020, quando a campanha de vacinação nem sequer havia começado. A enfermeira Mônica Calazans, primeira vacinada contra a Covid-19 no Brasil, recebeu a primeira dose do imunizante em janeiro de 2021.

O relato do caso no Ceará se tornou público apenas agora, por meio da Journal of Pediatric Surgery Case Reports, revista científica internacional. O caso é considerado raríssimo e, na literatura médica, há somente 40 casos no mundo.

O bebê foi encaminhado para o Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), na capital. Na unidade hospitalar, a criança foi avaliada e os médicos optaram por fazer uma cirurgia para a retirada da cauda. Como não havia comprometimento neurológico, como nervos ou osso na cauda, o procedimento foi de menor complexidade, realizado uma semana após a entrada do paciente no hospital.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) diz que a formação aconteceu devido a uma alteração na regressão da cauda embrionária, e que ainda não existe etiologia definida para esse tipo de ocorrência. A Sesa afirma ainda que não houve nenhum prejuízo para a criança.

No artigo publicado sobre o caso, os autores explicam que caudas humanas são anomalias raras e descritas como protuberâncias cobertas de pele, e localizadas no meio da parte inferior da coluna vertebral.

O Fato ou Fake já explicou que não é verdade que vacinas contra o novo coronavírus possam gerar seres geneticamente modificados.

Essa não é a primeira vez que relacionam crianças com cauda a vacinas. O Fato ou Fake mostrou que o político turco Fatih Erbakan, conhecido pela postura antivacina, por sua adesão a teorias conspiratórias e à disseminação de fake news, deu uma entrevista coletiva em seu país e mostrou a foto de um bebê com cauda, fazendo a associação falsa com a imunização. Nesse caso, a imagem era manipulada.

A imagem do bebê com um rabinho foi alterada e está disponível em um banco de imagens, onde consta, inclusive, o aviso sobre a manipulação digital. “A imagem não é real, é conceitual, conforme detalhado na legenda: ‘Bebê humano com cauda, imagem digitalmente manipulada'”, diz o diretor de vendas do Science Photo Library, Simon Stone.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar