in

AmeiAmei KKKKKK ForçaForça

Segundo pesquisas, Bolsonaro perderá no 1º e 2º turno

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não levaria a melhor contra nenhum dos nomes consultados em um virtual segundo turno em 2022. A análise é da XP/Ipespe em pesquisa eleitoral divulgada nesta quarta-feira (3).

No cenário do segundo turno contra Lula, Bolsonaro teria 32% dos votos com 50% do ex-presidente. Quando o concorrente principal do segundo turno é Ciro Gomes (PDT), o atual chefe do executivo levaria a pior com 34% contra 44% do candidato cearense. Se a disputa for contra os dois principais nomes do PSDB para a disputa, a pesquisa verifica nova derrota para o presidente. Contra João Doria, Bolsonaro teria 34% contra 44% do governador de São Paulo. Numa disputa contra Eduardo Leite, o percentual do presidente é de 34% contra 37% do governador pelo Rio Grande do Sul.

Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno, os cenários são de vitórias contra os candidatos verificados. Na disputa entre Lula e Moro, o político vai a 52% e o ex-juiz, a 34%. Se a briga for entre Lula e Ciro, o primeiro vai a 49%, enquanto o cearense, a 29%. A disputa entre o petista e Doria dá 51% a 27% para o primeiro. Lula também tem 50% do eleitorado se disputar o segundo turno com Eduardo Leite, que obtém 28%.

1º turno

No primeiro cenário, o Ipespe apresentou uma lista com seis candidatos. Lula aparece com 42%, contra 28% de Jair Bolsonaro. Em terceiro lugar aparece Ciro Gomes (PDT), que é opção para 11% do eleitorado. Na sequência vêm João Doria (do PSDB, com 4%), Luiz Henrique Mandetta (do DEM, com 3%) e Rodrigo Pachedo (PSD, com 2%).

No segundo cenário, o instituto apresentou 10 nomes de concorrentes à vaga de presidente no ano que vem. Também ali, o resultado geral não muda muito, com Lula na dianteira, seguido de Bolsonaro, apesar dos 16 pontos percentuais de distância entre os dois. De acordo com o levantamento, Lula tem 41% das intenções, contra 25% de Bolsonaro. Ciro Gomes (9%), Sérgio Moro (8%), Mandetta (3%), José Luiz Datena (do PSD, com 3%), Eduardo Leite (do PSDB, com 3%), Rodrigo Pacheco (do PSD, com 2%), Simone Tebet (do MDB, com 1%) e Alessandro Vieira (Cidadania, com 0%) completam a lista de postulantes.

A pesquisa foi realizada de 25 a 28 de outubro, por telefone, com 1.000 entrevistados de todas as regiões do país. A margem de erro máxima estimada é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5%.