in

AmeiAmei KKKKKK

Mesmo sendo proibido pela FIFA, times irão fazer ato de apoio a comunidade LGBTQIA+

A Fifa barrou o uso da braçadeira de capitão com as cores do arco-íris em apoio à comunidade LGBTI+ durante a Copa do Mundo 2022, no Catar. A proibição foi decidida em um encontro entre representantes da entidade e a Federação Inglesa de Futebol, segundo o jornal The Telegraph.

A faixa, que carrega o slogan “One Love” foi usada pelo capitão da Inglaterra, Harry Kane, durante a Liga das Nações. Mesmo com a decisão, ele deve manter o gesto na partida de estreia da seleção nesta segunda-feira (21/11) contra o Irã.

“Acho que deixamos claro como equipe e organização que queremos usar a braçadeira. Sei que a FA está conversando com a Fifa no momento e eu tenho certeza de que na hora do jogo amanhã teremos a decisão. Acho que deixamos claro que queremos usá-la”, afirmou Kane.

Jogadores de 10 seleções se comprometeram a usar a faixa durante os jogos da Copa. O ato pode ser alvo de punição com cartão amarelo e até multa.

O capitão da Holanda, Virgil van Dijk, também defendeu a manifestação. “Vou usar a braçadeira amanhã. Do nosso ponto de vista, não houve nenhuma mudança. Se eu for levar um cartão, teremos que debater sobre isso porque não gosto de jogar quando já recebi um amarelo”, disse.