in

Jovem grava dancinha de TikTok no leito de morte da mãe e é esculhambada na web

No vídeo, que contém imagens fortes, brasileira dança ao lado do corpo da mulher que faleceu de câncer

Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais no comecinho de janeiro de 2022 foi um vídeo de uma jovem brasileira que fez dancinhas para o TikTok ao lado da mãe quase morta, em seus últimos suspiros. Sim, isso mesmo que você leu!

Nas imagens publicadas em 31 de dezembro de 2021 (e que viralizaram dias depois), Stephanie Mecco aparece fazendo uma dancinha próxima à cama de hospital em que a mãe estava internada, em coma, um dia antes dela falecer após batalha contra o câncer.

Stephanie Mecco tinha, na ocasião, mais de 210 mil seguidores na rede social chinesa e era acompanhada por 32 mil pessoas no Instagram. As redes sociais dela ‘bombaram’ depois que ela postou o vídeo dançando ao lado da mãe desacordada quase morrendo no hospital.

Internautas criticaram a frieza da jovem, que decidiu gravar dancinha de TikTok enquanto a mãe estava no leito de morte, em estado gravíssimo. Além de aproveitar dessa situação triste para conseguir visibilidade e se promover na rede social.

Ao publicar o vídeo, Stephanie disse: “Vídeo gravado ontem (30/12)… Hoje o ano se encerra e você se foi com ele. Te amo demais mãe, descanse em paz! Obrigado por tudo. Um dia nos vemos”.

Após o vídeo viralizar, atingir milhões de visualizações e a influencer ser “cancelada”, ela deletou a publicação original.

Assista ao vídeo polêmico do TikTok:

No dia seguinte em que o vídeo foi publicado no TikTok, a mãe de Stephanie faleceu e ela comemorou e agradeceu pelo fato do vídeo ter viralizado e rendido novos seguidores.

“Mãe, no dia 1 pedi para você se comunicar de alguma maneira, dizendo que está bem e você me respondeu. Fez nosso último vídeo viralizar e ele explodiu. Você amava me ver dançar, me incentivava e, o principal, sempre estava disposta a gravar vídeo comigo, escreveu a jovem.

“Realizei o nosso sonho de atingir 100 mil seguidores lá. Isso tudo é graças a você!! Minha anjinha e estrela. Óbvio que queria você aqui comigo, mas, talvez, Deus sabia que você me ajudaria melhor aí de cima. Te amo demais”, completou Stephanie Mecco, que foi extremamente criticada nas redes.

Jovem tenta se defender

Após muita repercussão, a jovem veio a público no dia 6 de janeiro de 2022 tentar explicar o contexto em que o vídeo foi gravado e se defender das acusações.

Segundo Stephanie, a mãe dela amava os vídeos e era uma de suas maiores incentivadoras no TikTok. Por isso, ela resolveu gravar uma dancinha no hospital. Ela ressaltou que, no momento em que as imagens foram gravadas, a mãe não estava morta, “ estava em coma.

“Última vez que venho a público dar qualquer explicação… Gravei esse vídeo no dia 30 último dia que vi minha mãe viva!! Nunca imaginei que ela faleceria no dia seguinte… Ela estava consciente, colocamos a música que ela amava pra tocar…”, escreveu a tiktoker.

Stephanie Mecco disse, ainda, que a intenção ao gravar o vídeo era ter uma lembrança de um momento difícil que iria passar – o que não aconteceu.

“Gravamos o vídeo eu e meu irmão, na esperança de um dia ela ver e dizer: ‘Passei por isso e agora estou bem’. Mas infelizmente ela faleceu no dia 31postei esse vídeo como uma homenagem… Nunca imaginei a repercussão… Ela sempre foi uma pessoa otimista, feliz e sempre encarava os problemas sorrindo… Era minha fã número um, gravava comigo, me gravava, me apoiava em tudo…”, explicou.

“Postei os stories em forma de agradecimento a mulher maravilhosa que ela era e graças ao seu ensinamento incentivo eu estava crescendo… Era o nosso sonho eu crescer nas redes sociais. Quando o vídeo dela explodiu eu pensei: ‘foi ela que fez isso’ Era o que ela sempre quis…”, acrescentou a jovem.

“Mas infelizmente a internet é cruel e as pessoas são horríveis!! Muitos entenderam e estão me apoiando, a minoria está tentando me colocar para baixo (…) Parem de destilarem ódios a mim e minha família [sic]”, pediu Stephanie.

Veja uma das últimas fotos publicadas por Stephanie ao lado da mãe:

Stephanie Mecco e mãe

Sobre o TikTok

O TikTok, o aplicativo do momento, foi criado na China e se popularizou no Brasil graças – em parte – à pandemia do coronavírus. Com o lema de “as tendências começam aqui”, mas com público majoritariamente infantil, a rede social é bastante polêmica.

Com promessas de fama, sucesso e até dinheiro, o conteúdo publicado pelos jovens não sofre nenhum tipo de curadoria e gera situações problemáticas – como a descrita nessa matéria.

O app chegou ao mercado chinês em 2016, mas em 2018, ao se fundir com o antigo app Musical.ly, ficou disponível para todo o mundo.

Com ele, é possível fazer vídeos em looping ou dublagens curtas, gerando momentos engraçados que começaram a ser compartilhados em várias outras redes sociais.

Ainda em 2020, o aplicativo foi alvo de outra polêmica, após o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar bani-lo, para evitar que a China o usasse como fonte de informações e espionagem.

Confira algumas reações de internautas no Twitter ao vídeo polêmico, incluindo a opinião do ator Alexandre Nero: