in

Jogadores do Brasil comem carne folheada a ouro 24 quilates que pode chegar a R$ 3 mil o prato

Os jogadores do Brasil desfrutaram de um jantar farto esta semana antes do último jogo da fase de grupos da Copa do Mundo contra Camarões. Gabriel de Jesus, Ronaldo Fenômeno, Viniciuis Jr., Eder Militão e outros jogadores foram no famoso restaurante Doha, do popular chef Nusret Gökçe, mais conhecido como Salt Bae, e tiveram uma noite maravilhosa no restaurante. No cardápio, um pedaço de carne banhado a ouro 24 quilates.

O preço médio de um “bife dourado otomano” é de 3 mil reais. O Golden Steak, outro prato folheado a ouro 24 quilates, custa entre R$ 1.000 e R$ 1.500. No entanto, nenhum deles inclui acompanhamento.

O restaurante em Doha, assim como os mais de 20 que fazem parte da rede espalhada por várias capitais mundiais, é do famoso chef Nusret Gökçe, que há anos faz sucesso na internet com seu jeito chamativo de salgar carnes e o que lhe rendeu o apelido de Salt Bae – o “menino salgado”.

A carne folheada a ouro também fez sucesso entre as delegações de outras seleções. Entre eles o melhor jogador do mundo em 2020 e 2021, Robert Lewandowski, que é o destaque da seleção da Polônia.

Após o “show” vem o teste de sabor: “A folha de ouro é apenas para fotos e belos vídeos no Instagram e Tiktok. Não tem efeito no sabor do bife. Segundo quem prova, a carne é realmente incrível e a carne é macia. No entanto, a experiência “poderia ser mais barata e menos exigente.”