⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Governo Lula lança oficialmente programa para construir casas de acolhimento para população a LGBTQIA+ em risco 13

Governo Lula lança oficialmente programa para construir casas de acolhimento para população a LGBTQIA+ em risco

O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania anunciou hoje o lançamento de um programa inovador para a construção de casas de acolhimento destinadas à população LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade e risco social. A iniciativa faz parte da recém-lançada Estratégia Nacional de Enfrentamento à Violência contra Pessoas LGBTQIA+, que visa combater diversas formas de violência e discriminação enfrentadas por esse grupo.

O programa, denominado “Acolher + – Programa Nacional de Fortalecimento das Casas de Acolhimento LGBTQIA+,” tem como objetivo oferecer suporte e segurança para indivíduos com idades entre 18 e 65 anos, que possuam condições de autonomia em autocuidado, mas que estejam em situação de vulnerabilidade devido a abandono ou rompimento de vínculos familiares e comunitários.

De acordo com as portarias publicadas no Diário Oficial da União, o governo federal buscará desenvolver diretrizes específicas para atender e acolher a comunidade LGBTQIA+, com ênfase na identificação, implementação e testagem de serviços destinados a enfrentar a violência. O programa também prevê o mapeamento de casas de acolhimento já existentes, o suporte emergencial às instituições da sociedade civil com essa finalidade e a institucionalização e implementação de novas entidades em parcerias com estados e municípios em diversas regiões do país.

Além disso, a Estratégia Nacional estabelece a criação de políticas de Estado voltadas para atender as pessoas LGBTQIA+ vítimas de violência ou em situação de risco social. Essas políticas abrangem áreas como assistência, saúde, cidadania, cultura, segurança pública e Justiça, proporcionando um suporte abrangente para a comunidade.

O governo federal se compromete ainda a formar uma rede de enfrentamento à violência contra pessoas LGBTQIA+, promovendo a articulação entre os serviços públicos e as ações desenvolvidas pela sociedade civil. A iniciativa reflete um esforço conjunto para criar um ambiente mais inclusivo e seguro para a comunidade LGBTQIA+ no Brasil.

Este programa representa um avanço significativo na promoção dos direitos humanos e na luta contra a discriminação, marcando um passo importante em direção à construção de uma sociedade mais justa e igualitária para todos.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar