in

AmeiAmei KKKKKK ForçaForça AINAIN AFFAFF GRRGRR

Globo monta dossiê de mentiras e ofensas e vai à Justiça contra Sikêra Jr.

A Globo processou o apresentador Sikêra Jr., apresentador do programa Alerta Nacional, da RedeTV!. A emissora cansou das ofensas do âncora contra jornalistas e até os donos da empresa, montou um dossiê com todas as citações que considera mentirosas e decidiu pedir R$ 100 mil de indenização, além de uma retratação ao vivo em seus programas. O julgamento em primeira instância foi antecipado e deve acontecer em novembro.

O Notícias da TV teve acesso aos autos da ação com exclusividade. Ela corre na 11ª Vara Cível do TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas). Além do próprio Sikera Jr., a TV A Crítica é alvo da ação por ser produtora e veicular os programas do apresentador. Além do Alerta Nacional, ele comanda o Alerta Amazonas, transmitido somente para Manaus (AM).

A Globo alega na petição inicial que, em pelo menos 25 vezes, Sikêra fez declarações incorretas e mentirosas sobre recebimento de publicidade federal por parte da emissora. E acusa o apresentador ainda de dar informações falsas sobre o “fim da concessão” do conglomerado de mídia em TV aberta.

Em um programa datado de dezembro de 2019, Sikêra citou nominalmente a família Marinho e disse que “a raiva deles” de Jair Bolsonaro (PL) seria por causa do fim das supostas altas verbas pagas pelos governos Dilma Rousseff (2010-2016) e Lula (2003-2010). Em uma das falas, o apresentador afirmou que os filhos de Roberto Marinho (1905-2003) enriqueceram mais durante o governo petista.

Outra prova mostrada no dossiê foram ataques contra jornalistas da Globo logo no início da pandemia de Covid-19, em março de 2020. Sikêra Jr. criticou principalmente William Bonner e Renata Vasconcellos, apresentadores do Jornal Nacional, por defenderem a política do “fique em casa” para conter a disseminação do coronavírus.

A Globo acusa Sikêra Jr. de ultrapassar o limite da crítica e desinformar seus telespectadores para macular a imagem da emissora perante a opinião pública. Para reparar os danos, a empresa quer R$ 100 mil e retratação pública ao vivo em seus programas. A TV A Crítica também arcaria com parte do valor. A RedeTV! não faz parte da ação porque a emissora de Osasco não tem gerência sobre o que é produzido em Manaus.

Justiça vai julgar Globo x Sikêra Jr

A ação está na Justiça desde 2020. Nesta semana, o caso deixou de ser secreto por conta de uma decisão do TJ-AM de antecipar o julgamento –que será realizado em novembro.

“Registro que compreendo que a hipótese encartada aos autos cuida de matéria de fato e de direito, sem necessidade de que ocorra maior dilação probatória. Assim, o feito comporta julgamento antecipado da lide, com proferimento de sentença com resolução de mérito”, disse a juíza Lia Maria Guedes de Freitas, que aprecia o caso na Justiça amazonense.

Procurada pelo Notícias da TV, a Globo não comentou o assunto –assim como costuma fazer com ações judiciais. A reportagem tentou contato com a TV A Crítica e com Sikêra Jr., mas não obteve sucesso. Caso as partes se pronunciem, a reportagem será atualizada.

Sikêra Jr. tem contrato com a RedeTV! até 2027. Na emissora, vive uma crise e não consegue superar a marca do 1 ponto –no seu auge, ele chegou a picos de até 3 pontos no fim da tarde. Já em Amazonas, o apresentador vive o mesmo dilema: parou de vencer a Globo no Ibope localmente e chega a ficar em quarto lugar com derrotas para o SBT e seu jornal local.