in

AmeiAmei AINAIN KKKKKK ForçaForça AFFAFF GRRGRR

Em Vai na Fé, Yuri se revelará gay e se apaixonará por grande amigo

Em Vai na Fé, a vida de Yuri (Jean Paulo Campos) promete ser um turbilhão de emoções. Primeiro, o jovem acaba sendo vítima de racismo e é preso injustamente depois de ser confundido com um bandido, por uma tentativa de estupro que ele não cometeu.

Ele acaba passando todo o fim de semana atrás das grades, mas contará com a ajuda de Lumiar (Carolina Dieckmann) e Guiga (Mel Maia) para se safar. Primeiro, Yuri recebe a visita da esposa de Ben (Samuel de Assis), que se dispõe a defendê-lo.

Para a sorte de Yuri, Guida vasculha o seu celular e acaba encontrando uma gravação que consegue inocentar o jovem. Ela entrega para Lumiar, que vê o material com bons olhos. “Esse vídeo é ótimo pra defesa. Vou mandar pra polícia também, pra ver se incluem na investigação”, fala ela. Assim, o jovem finalmente consegue provar a sua inocência e é libertado.

Yuri terá relacionamento com amigo da faculdade

Após deixar a cadeia e enfrentar um momento tão angustiante da sua vida, Yuri finalmente tomará coragem para se declarar para Jenifer (Bella Campos), mas o relacionamento entre os dois não deve ir para frente, principalmente depois que a jovem descobrir que Carlão (Che Moais) não é o seu pai biológico, algo que irá deixá-la bastante abalada. Ela também acabará se envolvendo com Otávio (Gabriel Contente).

Assim, a vida de de Yuri terá uma nova reviravolta, e dessa vez, bastante surpreendente. Segundo informações do site Observatório da TV, no decorrer da trama, o jovem acabará se revelando gay e vai engatar um relacionamento com um amigo de faculdade.

Vai na Fé é escrita por Rosane Svartman, que retorna à faixa das 19h após Bom Sucesso, e pela primeira vez sem a companhia do colega Paulo Halm. A trama, dirigida por Luiz Henrique Rios, ainda conta no elenco com nomes como os de Luis Lobianco, Regiane Alves, Mel Maia, Sheron Menezzes, Emilio Dantas, Samuel de Assis, José Loreto, Leticia Salles, Claudia Ohana, Zécarlos Machado, Jean Paulo Campos, Gabriel Contente e Elisa Lucinda.