⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Dono do Telegram ameaça encerrar as atividades no Brasil 13

Dono do Telegram ameaça encerrar as atividades no Brasil

O CEO do Telegram, Pavel Durov, ameaçou encerrar as atividades da plataforma no Brasil após se negar a entregar dados de grupos neonazistas, afirmando que o objetivo da empresa é “preservar a privacidade e a liberdade de expressão”. A Justiça Federal suspendeu o Telegram por descumprir uma ordem de entregar dados de um grupo neonazista às autoridades e estabeleceu uma multa diária de R$ 1 milhão enquanto o aplicativo não colaborar com as investigações.

Em sua mensagem, Durov afirmou que o Telegram já foi alvo de medidas similares em outros países, como China e Rússia, que proibiram o aplicativo devido à posição da empresa sobre a questão dos direitos humanos. Além disso, outros países como Alemanha, Noruega, Belarus, Indonésia e Paquistão também tomaram medidas contra o Telegram.

A Alemanha, por exemplo, bloqueou 64 canais do Telegram por promoverem a desinformação e discursos de ódio, enquanto a Noruega restringiu o uso do aplicativo por funcionários públicos. Já a Rússia chegou a banir o Telegram em 2018 por considerar que o aplicativo estava sendo usado por dissidentes russos, mas a medida foi suspensa em 2020 após a empresa se comprometer a colaborar com as autoridades.

No Brasil, a decisão da Justiça Federal foi motivada pelo Telegram ter entregado “apenas parcialmente” os dados requisitados pela Polícia Federal em meio a uma investigação sobre os ataques a escolas de Aracruz, no Espírito Santo, que resultaram na morte de quatro pessoas. Durov informou que o Telegram está recorrendo da decisão judicial e que, “não importa o custo, defenderemos nossos usuários no Brasil e seu direito à comunicação privada”.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar