in

Conta de Bolsonaro é travada após receber inúmeros PIX de 1 centavo

A grande quantidade de transferências Pix para a campanha de Jair Bolsonaro, a maior parte com valores baixos, de R$ 0,01 a R$ 1, travou o sistema do Banco do Brasil e inviabilizou a emissão de extrato para campanha de Bolsonaro.

A informação foi confirmada pela coordenação da campanha do candidato à reeleição.

A coordenação da campanha de Bolsonaro afirma que, por cerca de 12 horas, não conseguiu acessar os extratos que deveriam ser viabilizados pelo Banco do Brasil. Como as prestações de contas têm que ser feitas até 72 horas depois da doação, para seguir a lei eleitoral, o banco destacou uma equipe técnica para equacionar o problema.

As doações com valores de R$ 1 foram feitas em grande quantidade após apelo de aliados de Bolsonaro.

Já as de R$ 0,01 resultaram de uma ação de eleitores de outros candidatos, após ser noticiado pela Folha de S.Paulo que o custo para a campanha declarar o recebimento de cada doação era superior a R$ 1, o que estaria representando um prejuízo para Bolsonaro. Entretanto, a campanha afirma que, como uma empresa foi contratada especificamente para isso, não há esse risco.

Bolsonaro tem bem menos recursos do que Lula para fazer campanha, ao menos segundo os dados declarados ao Tribunal Superior Eleitoral. Em três dias, Bolsonaro recebeu 258 mil transferências Pix, totalizando R$ 3,2 milhões. Até o momento, o presidente arrecadou R$ 27,4 milhões; já Lula, R$ 89,9 milhões.