in

KKKKKK ForçaForça GRRGRR

Campeões de três edições do 'BBB' se reencontram em São Paulo

Em entrevista ao EXTRA em 2020, Rodrigo, hoje com 52 anos, contou que investiu o prêmio de R$ 500 mil comprando mil bezerros, por R$ 350 cada, e que hoje trabalha como corretor de imóveis e mora de aluguel em Ribeirão Preto (SP).

“Estou vivendo nisso daí de aluguel. Não deu ainda para comprar uma casa, mas vai acontecer. Tenho hábitos muito simples. Continuo no que chamo de luta”, explicou.

O ex-BBB perdeu os bezerros que comprou, a fazenda que alugou e os apartamentos que deu para as das duas filhas, hoje com 26 e 23 anos. Ele hoje vive com a segunda mulher, Fernanda, gerente de vendas de uma fábrica de isopor, e o filho caçula.

“Hoje em dia estou aqui treinando cavalos e faço os meus negócios de corretagem. Tenho uma representação de ração de cavalo, estou casado e tenho um filho de 7 anos”, contou.

Dhomini investiu o prêmio de R$ 500 mil em terrenos e imóveis. Ele hoje atua no ramo imobiliário como dono de uma construtora. “Hoje eu tenho esse dinheiro multiplicado algumas vezes”, revelou.

Já Max ajuda candidatos a conseguir uma vaga no reality através do seu curso. Para isso, ele cobra o investimento de R$ 999 por duas horas de “aula”. O ex-BBB, no entanto, só não pode ensinar sobre educação financeira, já que revelou que “não sobrou nenhum centavo” do prêmio de R$ 1 milhão que ele ganhou em 2009. “De lá para cá, me endividei bem. Hoje tenho dívidas milionárias”, entrega.