in

AFFAFF GRRGRR

Campanha de Bolsonaro testa vídeo com facada, Deus e militares

A campanha de Jair Bolsonaro começou a testar na noite desta segunda-feira (12/7) um vídeo com o jingle que deve ser usado na tentativa de reeleição do presidente. A filmagem, de pouco mais de dois minutos, explora imagens do atentado a faca sofrido por Bolsonaro durante a campanha de 2018.

Por ora, o vídeo servirá para consumo interno e para a campanha de Bolsonaro medir a receptividade dos eleitores à peça de propaganda.

O uso midiático da facada ocorre em um momento de escalada na tensão política, após o assassinato do petista Marcelo Arruda em sua festa de aniversário em Foz do Iguaçu, no sábado (9/7). Arruda foi morto a tiros por um apoiador do presidente que invadiu a festa, cujo tema era dedicado a Lula e ao PT.

O jingle usado no vídeo de Bolsonaro, cantado pela dupla sertaneja Mateus e Cristiano, foi apresentado pela primeira vez no dia 20 de maio, no almoço que o presidente teve com o bilionário Elon Musk e outros empresários.

Além do atentado contra Bolsonaro, o vídeo explora as viagens do presidente à Região Nordeste, onde está concentrada a maior rejeição ao governo, e outros temas valiosos para o conservadorismo, como a identificação com os militares e a religião.

O jingle é chamado de “Capitão do Povo” e recupera o slogan de Bolsonaro na vitoriosa campanha de 2018: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.