⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Billy Porter comenta sobre Harry Styles utilizar vestido na capa da Vogue: "Tudo o que ele tem que ser é branco e hétero" 9

Billy Porter comenta sobre Harry Styles utilizar vestido na capa da Vogue: "Tudo o que ele tem que ser é branco e hétero"

https://portalfamosos.com.br/billy-porter-comenta-sobre-harry-styles-utilizar-vestido-na-capa-da-vogue-tudo-o-que-ele-tem-que-ser-e-branco-e-hetero/?fbclid=IwAR0cipD2hSAj5hOZz79MmVfHpuAopS8kt8ASnY_Km0P9mI7NuqZZ3HYgN1Q

Billy Porter é um dos atores mais icônicos de Hollywood, sem papas na língua e um forte representante não só da cultura negra, mas também dos direitos LGBTQIA+ e tudo que é ligado as pautas de liberdade de gênero.

A estrela de “Pose” falou sobre como a moda passou a olhar homens utilizando vestidos, pauta que há alguns anos, era considerada um verdadeiro tabu, já que vestidos sempre foram condicionados ao gênero feminino. Billy questionou o motivo de o público dar atenção para a pauta somente após Harry Styles estampar a capa da Vogue, sendo o primeiro homem da história da revista a utilizar vestido, mesmo quando o ator já fazia o mesmo há bastante tempo.

Em entrevista ao Sunday Times Style, a estrela de 52 anos falou sobre a iniciativa que teve:

“Eu acho que pessoalmente, eu mudei todo o jogo. E isso não é ego, é apenas um fato. Eu fui o primeiro a fazer isso e agora todo mundo está fazendo”, comentou o ator, que ainda relembrou a aclamação que Harry Styles teve a utilizar um vestido.

“Eu sinto que a indústria da moda me aceitou porque foi obrigada a me aceitar. Não estou necessariamente convencido e aqui está o porquê. Eu criei a conversa [sobre moda não binária] e ainda assim a Vogue colocou oHarry Styles, um homem branco heterossexual, em um vestido em sua capa pela primeira vez.”, complementou Billy.

Porter deixou claro que isso não se tratava de algo contra o intérprete de “Watermelon Sugar”, mas questionou os motivos de Harry ser a pessoa escolhida para falar sobre o tema:

“Não estou atacando o Harry, mas é ele que você vai chamar representar essa nova conversa? Ele não se importa, ele só está fazendo isso porque é a coisa certa a fazer. Essa cultura é política para mim. Essa cultura é minha vida. Tive que lutar minha vida inteira para chegar ao lugar onde pudesse usar um vestido no tapete vermelho do Oscar e não ser morto. Tudo o que ele precisou fazer foi ser branco e heterossexual.”

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar