in

Band fecha refeitório e manda funcionários almoçarem em shopping

Desde o anúncio da contratação de Fausto Silva, os executivos da Band não fazem questão

Sendo assim, a direção da emissora de Johnny Saad chegou à conclusão de que seria necessário fazer uma reforma geral no local, transformando o ambiente tradicional em algo mais sofisticado. Sem perder tempo, a alta cúpula da Band não só definiu o que será feito, como já avisou os responsáveis pelo restaurante sobre as obras que serão realizadas.

Se tudo permanecer conforme planejamento, em menos de dois meses todo o local deverá estar vazio e pronto para receber as melhorias. Segundo informações divulgadas pelo portal Notícias da TV, os administradores do estabelecimento já estão cientes das mudanças que irão ocorrer e já se preparam para deixar o restaurante, que atualmente recebe dezenas de colaboradores da Band.

De acordo com a emissora paulista, nenhum funcionário sairá prejudicado dessa história. Isso porque, todos eles serão levados por uma equipe para que façam suas refeições em um shopping que fica “próximo” aos estúdios da Band. Entretanto, o novo local de alimentação dos colaboradores não fica tão perto assim das dependências da emissora, fazendo com que os funcionários percam boa parte de seu horário de almoço.

Em nota, a emissora paulista disse: “A Band sempre buscou cuidar de seus profissionais

Se os funcionários da Band já estavam se sentindo muito incomodados com a chegada de Fausto Silva e sua equipe, tendo em vista o grande aumento no número de pessoas que passaram a frequentar o refeitório, deixando o local completamente cheio, a situação vai ficar ainda mais complicada. Com a transformação do espaço em algo gourmet, colaboradores já estão preocupados com os valores que serão praticados no novo restaurante.

Um dos maiores receios dos funcionários da Band é com relação ao preço dos pratos que serão servidos. Vale ressaltar que os colaboradores recebem um valor diário que praticamente é o mesmo do famoso prato feito, ou seja, cerca de R$ 20. De acordo com o pensamento dos funcionários, a tendência é que o preço dos alimentos aumente de forma significativa com as mudanças no refeitório e, com isso, acabem tendo que arcar com valores extras.