⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Atitude sem noção de Oto coloca Brisa na prisão em Travessia: “Vilão?” 17

Atitude sem noção de Oto coloca Brisa na prisão em Travessia: “Vilão?”

Travessia tem tudo para fazer um grande sucesso na programação da TV Globo. E para não perder o costume, a coluna revela o que vai acontecer nos próximos capítulos da novela de Gloria Perez.

Em cenas que irão ao ar na próxima terça-feira, dia 18 de outubro em Travessia, Brisa (Lucy Alves) será presa após ser flagrada por um policial com o revólver de Oto (Romulo Estrela) em uma de suas mãos. Lembrado que o hacker também será detido. Mais detalhes aqui.

Num impulso, Brisa pega a arma para escondê-la. Brisa larga a arma que dispara ao cair no chão. Mas não fere ninguém. Mas assusta os transeuntes. O policial saca a sua arma e se coloca em posição de pronto uso (apontada para o chão a 45 graus). Ele não aponta para ela. No desespero de Brisa”, descreve Gloria Perez em seu texto. 

Oto (Romulo Estrela) e Brisa (Lucy Alves) em Travessia

Personagens dessa nota:

Brisa (Lucy Alves) – Batalhadora e independente, Brisa (Lucy Alves), que é órfã, mora no interior do Maranhão com o “namorido” Ari (Chay Suede) e o filho deles, Tonho (Vicente Alvite). Forte e aguerrida, ela é lavadeira e dança em grupos de Tambor de Crioula e Bumba Meu Boi. Não foge a qualquer trabalho que garanta o sustento e a felicidade de sua família.

Oto (Romulo Estrela) – Hacker, trabalha com Moretti (Rodrigo Lombardi) e é o homem de confiança do empresário. Leal, direto. Sem endereço fixo, leva uma vida um pouco nômade: vai para onde seu trabalho exigir, não tem grandes amarras que o prendam a qualquer lugar.

Oto (Romulo Estrela) em Travessia

Em Travessia, a verdade nunca se rende. Criada e escrita por Gloria Perez, a novela tem direção artística de Mauro Mendonça Filho, direção de Walter Carvalho, Andre Barros, Mariana Richard e Caio Campos. A produção é de Claudio Dager e Tatiana Poggi; e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar