⚡ Curiosidades, celebs, séries, músicas, cinema e muito mais!

+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Na Arábia, homem que dizia ter 140 anos morre após tentativa de remover ‘chifres’. 17

Na Arábia, homem que dizia ter 140 anos morre após tentativa de remover ‘chifres’.

Recentemente, na Arábia Saudita, foi relatado o caso de um homem que afirmava ter 140 anos de idade e que morreu após uma tentativa de remover “chifres” de sua cabeça. O caso chamou a atenção da imprensa internacional e gerou muita curiosidade em relação a essa prática.

De acordo com as informações divulgadas, o homem, cujo nome não foi revelado, era conhecido em sua comunidade como um curandeiro e frequentemente realizava procedimentos de cura usando ervas e outras técnicas tradicionais. Ele teria sido convencido por uma pessoa a remover os “chifres” de sua cabeça, que eram uma característica única que ele possuía desde jovem.

Os “chifres” eram, na verdade, crescimentos ósseos na cabeça do homem, conhecidos como exostoses. Embora esses crescimentos sejam relativamente comuns, eles são geralmente pequenos e não causam problemas de saúde. No entanto, no caso deste homem, os “chifres” haviam crescido significativamente ao longo dos anos, e ele teria decidido removê-los por razões estéticas.

Morre o homem mais velho do Iêmen; acredita-se que tinha 140 anos – Monitor  do Oriente

Segundo relatos, a tentativa de remover os “chifres” foi realizada por uma pessoa sem qualificação médica ou treinamento adequado. Durante o procedimento, ocorreu uma hemorragia grave, e o homem foi levado às pressas para o hospital. Infelizmente, ele não resistiu e morreu pouco tempo depois.

O caso gerou muita controvérsia e chamou a atenção para os perigos de realizar procedimentos médicos sem a devida qualificação e treinamento. Além disso, também levantou questões sobre a prática de cura tradicional em algumas culturas e a falta de regulamentação em torno desses métodos.

Enquanto muitas pessoas em todo o mundo continuam a usar técnicas de cura tradicionais, é importante lembrar que esses métodos devem ser realizados por profissionais qualificados e experientes. A falta de treinamento adequado pode levar a riscos graves à saúde, como foi o caso deste homem na Arábia Saudita.

Homem morre após passar por cirurgia para retirar 'chifres'

Em resumo, a morte deste homem na Arábia Saudita após uma tentativa de remover “chifres” de sua cabeça chamou a atenção para os perigos de realizar procedimentos médicos sem a devida qualificação e treinamento. O caso serve como um lembrete importante de que a cura tradicional deve ser realizada por profissionais qualificados e experientes.

Compartilhe essa notícia ✈️
0
Compartilhar
URL compartilhável
👀 Talvez você queira saber
0
Compartilhar